O eclipse invisível

No longínquo ano de 2136 a.C. um dragão devorou o Sol. O imperador e o povo chinês ficaram petrificados.
No início, uma pequena dentada destruiu uma parcela do disco. Depois um quarto, metade e, subitamente, o Sol inteiro tinha desaparecido. Puff! Restava apenas um estranho círculo de luz branca em torno do espaço negro que o disco incandescente ocupava.

Os chineses resolverem que não haveriam de ficar de braços cruzados perante o sucedido. Correram, gritaram e insultaram o dragão, tocando tambores, fazendo soar gongos e batendo com instrumentos musicais sagrados uns nos outros até que o dragão, assustado, se afastou da refeição ainda por devorar.
O Sol foi, assim, salvo mas o imperador, completamente enraivecido, ordenou que os astrónomos imperiais, Hsi e Ho, fossem decapitados por não o terem avisado da aproximação do dragão.

Hsi e Ho, como astrónomos experientes, poderiam e deviam ter previsto o eclipse total do Sol observado, uma vez que ocorre em terras chinesas todos os 18 ou 19 anos. Movendo-se a Lua em torno da Terra e girando esta em torno do Sol, verifica-se por vezes um alinhamento perfeito dos três astros, em resultado do qual a Lua oculta a luz solar, que deixa de ver-se da Terra durante um período de tempo que pode prolongar-se até oito minutos.

A propósito do destino de Hsi e Ho, há muito que são motivo de divertimento para os astrónomos os versos de um autor anónimo que chegaram até nós como seu epitáfio:

Aqui Jazem Hsi e Ho
De destino triste, mas visível;
Foram mortos porque não viram
O eclipse que era invisível.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s