Depois do caldo entornado…

São dois os ‘Viktorr’ que governam a Ucrânia: Um, Iuschenko, é o presidente da República. Figura combativa que foi alvo de uma tentativa de assassinato durante a corrida à presidência da Ucfânia. Figura cara ao Ociente, tem na sua intenção de abrir o país a Oeste e fechá-lo a Leste um dos seus maiores desafios; o outro, é Ianukovitch, é o primeiro-ministro e tem o apoio de Putin e de todos os outros ucranianos que não querem ver o cordão que os liga à Rússia, mais do que cortado, dilacerado.

Os Viktorr desentenderam-se. Pode-se mesmo dizer que fizeram birra. O partido de Ianukovitch derrotou o de Iuschenko nas últimas eleições autárquicas. O primeiro-ministro ameaçava tornar-se numa figura demasiado incómoda. Iuschenko decidiu agir. Dissolver o parlamento e convocar novas eleições. Ianukovitch não gostou e ameaçou boicotar as eleições e lançar o caos nas ruas. Iuschenko não cedeu e o confronto civil foi-se tornando evidente.

Em Kiev todos os dias havia manifestações, ora a favor ou contra uma das personalidades. Iuschenko sabe que as novas eleições podem aumentar ainda mais a maioria do partido de Ianukovitch no parlamento, tal como Ianukovitch sabe que mais uma derrota contra Iuschenko poderá comprometer a sua carreira política. Enquanto pensavam, o povo agitava-se.

E, quando finalmente os Viktorr se juntam para discutir abertamente os problemas da Ucrânia, e os tentam resolver, o Viktor presidente decide aprovar um decreto que o torna no chefe das tropas e as manda para Kiev para “garantir a protecção de edifícios estatais e da ordem pública”. O ministério não gostou, e o ministro da tutela não escondeu o seu apoio a Ianulovitch contra o “pró-Ocidental” Iuschenko.

Enfim, é a democracia à moda do leste. Em que um usa o exército para pressionar o outro, e o outro usa a Rússia para pressionar o primeiro. Quem sairá vitorioso desta (estúpida) rixa? O povo ucraniano não é, de certeza.

Anúncios

5 thoughts on “Depois do caldo entornado…

  1. “Quem sairá vitorioso desta (estúpida) rixa? O povo ucraniano não é, de certeza”.

    Pelo contrário. Com a definição ocidentalista ou pró-Rússia os ucranianos só terão a ganhar. Como estão agora é que não ganham de certeza.

  2. Ninguém sai a ganhar com este clima de instabilidade e de desrespeito pelas instituições políticas. a definição da orientação política do Estado será útil, claro, mas até lá o povo é que sofre. havia necessidade?

  3. Sinceramente acho que havia. Iuchtchenko e Yanukovitch são a escolha do povo, que os voltaria a escolher hoje se houvesse eleições. Mas isso coloca-os nesta crise política, que tem de uma vez por todas de ser esclarecida. A Ucrânia parou politicamente desde há umas semanas. E isso é incomportável.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s