O outro D. Sebastião

camacho10.jpgHá uns anos atrás os benfiquistas suspiravam por um nome: Toni. O – então – último técnico campeão nacional pelo clube. Era ele o desejado, era ele o preferido.

Manuel Vilarinho, o presidente do povo, deu aos adeptos o que queriam em detrimento de José Mourinho. Resultado péssimo. Desastroso. Penoso.

Hoje, vivemos um período de um novo D. Sebastião. Este, espanhol, pela Luz também já passou e com relativo sucesso – o troféu mais relevante do seu currículo continua a ser a Taça ganha no Benfica em 2004. Tal como o outro, deixou desejo e saudade. Agora, depois do engenheiro mais torto do que direito, vem o Camacho. Apenas espero que o sonho não se transforme em pesadelo porque não conseguimos viver sem um Messias e o Rui Costa já cá está.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s