Decididamente, este país não é para velhos

Depois da divulgação do vídeo da agressão da aluna à professora, foram vários os pensadores da Educação que vieram a público defender todo o tipo de teorias para o sucedido: desde questões sociais, familiares, até o já famoso bullying, tudo valeu para explicar o comportamento da rapariga.

Pergunto eu, e que tal falar na falta de educação da rapariga? Nos seus pais, medíocres e, provavelemente, incapazes? Por que não discutir o motivo para a ausência de um eficaz regulamento interno e a aparente falta de aplicação de castigos a quem viola as regras? Ou será esta uma perspectiva que não tem em conta os sentimentos da ‘criança’?

É mais fácil apontar o dedo ao telemóvel.

Esta entrada foi publicada em Sociedade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s