Smells Like Teen Spirit

Faz hoje 14 anos que o corpo de Kurt Cobain foi encontrado pelo electricista que iria fazer a instalação de um sistema de segurança na casa do vocalista, em Seattle. O líder dos Nirvana lá estava, de espingarda sob o peito e carta de suicídio ao lado. Suspeita-se que Kurt terá morrido três dias antes.

“Sou demasiado instável (…) já não tenho paixão, por isso lembrem-se, é melhor arder do que esmorecer”, podia-se ler na sua carta de suicídio.

Cobain não se esqueceu da mulher, Courtney Love, e da filha: “Por favor continua Courtney, pela Frances. Pela sua vida, que será muito mais feliz sem mim”.

Cobain morreu aos 27 anos. Para trás, entre outros, deixa um álbum que renovou o rock e definiu o som do grunge: “Never Mind”, foi a sua obra-prima.

Anúncios

5 thoughts on “Smells Like Teen Spirit

  1. posso? o grunge tem que ver com a atitude, com um espaço e um punhado de anos, não com o som. que têm de parecido os sons de Nirvana, Alice in Chains, Soundgarden, Mudhoney, Pearl Jam, Melvins, etc.?

  2. Entre esses sons existem algumas características similares: as dinâmicas musicais e sonoras que contrastam dentro de uma mesma canção e letras que oscilam entre o apático e o irado.

    Quando digo que o “Never Mind” marcou o grunge, refiro-me ao facto que foi o álbum que mostrou o grunge ao Mundo. Foi – a par do Ten, dos Pearl Jam – um mega-sucesso comercial que colocou o grunge no mapa.

    É evidente que não digo que o som dos Nirvana é igual ao dos Pearl Jam ou Alice in Chains – apesar de partilharem alguns traços. Aquilo que eu digo é que, talvez, sem o Never Mind (e o Ten) provavelmente a Generation X não teria tido condições para emergir.

    Por exemplo, eu posso dizer que, em função do sucesso comercial e crítico,o Dark Side of the Moon é o álbum prog-rock por excelência. Porém, não estou a comparar o som dos Floyd a bandas progressivas anteriores – King Crimson, Moody Blues – nem posteriores – Genesis, Rush – ou contemporâneas – Soft Machine, Emerson, Lake & Palmer. Simplesmente, digo que aquele álbum em particular marcou o género, que aquela banda em particular serviu de rosto para aquele género musical. Não digo que é a melhor banda progressiva, nem que é a única. Provavelmente, terá sido a maior.

    E, se fizeres umas perguntas por aí sobre o grunge vais ver que a maior parte das pessoas fala em duas bandas imediatamente: Pearl Jam e Nirvana. As outras – não digo que se esqueçam delas, mas não se recordarão no imediato – virão a seguir.

    Foi só isso que eu quis dizer.

  3. o Nevermind é excelente. e sei bem as bandas top of the mind no grunge. mas continuo a pegar por aqui: o som dessas bandas reflecte pouco do movimento. a coisa vem ao mundo em 91, verdade, embora esteja presente, como resposta aos 80’s há pelo menos um par de anos (ver Cobain na garagem dos Melvins). acaba em 94, com a morte da Polly, da bolacha e etc. podemos dizer que acaba em 97, com Soundgardn, mas, ei!, os Pearl Jam ainda por aí andam. tempo balizado e sempre em Seattle.

    e, se tem que ver com som, que dizer de Stone Temple Pilots, Smashing Pumpkins, Sonic Youth, Silverchair? (Bush, Creed!?) não estão na lista.

    ou isto sou eu em purismos.

    de qualquer das formas, só vinha pegar contigo e não estender a converseta, que não adiantaremos nada à discussão da última década e meia. ah! e boa referência aos Rush. vou tirar-lhes o pó. 😉

  4. “os Pearl Jam ainda por aí andam. tempo balizado e sempre em Seattle.”

    Os Pearl Jam ainda fazem (são?) grunge? (provocação… :D)

    sim, mais do que o som havia uma certa maneira de estar que caracterizava todas essas bandas – Stone Temple Pilots de volta…

    Vai lá tirar pó aos Rush, o Tom Sawyer está à espera que carregues no play.

  5. provocação de volta: os PJ alguma vez foram grunge? 😀

    pronto, pronto: foram ali um bocadinho. tenho alguns anticorpos a esses meninos. não sei porquê… sou um misantropo avesso a sucessos comerciais estendidos no tempo. ahahahah… 😀

    (o último dos Rush está fraquinho…)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s