Sempre Glorioso

A época do Benfica já atingiu níveis inqualificáveis. O que dizer acerca de uma equipa que nos foi vendida como a melhor da década, que representa o maior investimento actual do futebol português – superior a 30 milhões de euros líquidos – e que sistematicamente falha em apresentar resultados condizentes com a imagem histórica do clube e com a política de comunicação da sua Direcção?

A grande lacuna do Benfica 07/08 começou no topo. Vieira viu mal qual o papel que poderia efectivamente desempenhar no futebol, tentou ser um Pinto da Costa à moda da Luz e revelou-se num digno sucessor de Vale e Azevedo. Do discurso, quase sempre inócuo, nunca saíram coisas boas. No final da primeira jornada mandou uns filetes ao capitão da equipa, em Outubro já apregoava Rui Costa como futuro presidente do Benfica. Correu tudo mal.

Despedir um treinador à passagem da primeira jornada tem tanto de corajoso como de estúpido. Vieira não queria Fernando Santos e sonhava com Camacho. Saiu-lhe pior a emenda do que o soneto. O espanhol revelou-se apático, amorfo e passivo perante tudo aquilo que foi sucedendo. À quinta jornada, Camacho já falava em segurar o 2º lugar.

Mas, Camacho saiu e os problemas continuaram. A equipa joga sem alegria, sem empenho e não consegue deixar os problemas pessoais no balneário. Jogadores como Léo, Rodriguez, Katsouranis, Luisão e Nelson, entre outros, estão, por ordens de ideias diferentes, a contemplar o seu futuro que, na maioria dos casos, não deverá passar pela Luz. Em função do rendimento nesta época, diria que apenas tenho pena de ver partir os dois primeiros.

Em boa verdade, que jogador consegue singrar no Benfica de hoje? Poucos. Andamos enganados com os 21 golos de Cardozo. Com o número de golos que o jogador – cuja aquisição, com a compra da totalidade do passe, ultrapassou os 10 milhões de euros – falha por partida, deveria ter, pelo menos, mais 10. É bom jogador, mas não vale aquilo que se pagou por ele.

Miccoli foi um dos últimos jogadores que, vindo bem referenciado, rendeu claramente ao Benfica. Katsouranis desapareceu esta época, Luisão tem vindo a eclipsar-se desde 2005 e Di Maria teima em não crescer. Mas, num clima de permanente instabilidade, como pode um jogador ter sucesso na actual estrutura do Benfica? Com o balneário de tal maneira exposto, com os jogadores de tal maneira desunidos – que falta faz um capitão a sério – com Rui Costa a desempenhar o papel híbrido de treinador/director e estando o balneário tão exposto, a verdade é que não há condições para os jogadores jogarem aquilo que, potencialmente, sabem.

Em 2005, chegou-se a falar de Lisandro López para o Benfica. O jogador acabou no Porto, mas não foi um sucesso imediato. Teve de trabalhar e crescer até começar a aparecer, paulatinamente, no onze. Hoje, é o jogador mais decisivo da equipa. Os quase 30 golos marcados esta época provam isso mesmo.

Mas, caso Licha tivesse vindo para o Benfica, hoje não seria o jogador que é. Ou, pelo menos, não o seria no Benfica, pois ao fim de 6 meses teria sido despachado. Como foi Bergessio, que eu mal vi jogar.

Na próxima época o Benfica não pode cometer os mesmos erros, sob pena de não poder jamais voltar a reclamar para si o estatuto de equipa grande. A época do Glorioso é, para ser simpático, medíocre. Um clube grande não vive de épocas medíocres. O Barcelona, está a uma distância média do Real, mas ainda está na Liga dos Campeões. Independentemente do desfecho, já se fala em fracasso. Para se ser um clube grande, tem-se de pensar em grande.

Se o clube não optar por mudanças estruturais de fundo, podemos esquecer as próximas épocas. Estes meses têm de servir para reflectir e, posteriormente, agir no sentido de garantir que o Benfica possa ser aquilo que está no seu ADN: Glorioso. Sempre Glorioso.

Esta entrada foi publicada em Eclipses. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s