Já não há palavra

Cristian Rodríguez comprometeu-se com o Benfica. Mais, o cebola, como é conhecido, jurou a pés juntos que em Portugal só no Benfica – quer dizer, ele só disse isto depois de ter admitido ficar contente pelo interesse do FCP, mas logo veio garantir que não jogava noutro campo que não a Luz.

Há várias semanas que se pode ler na imprensa desportiva que o jogador estava contratado, faltando apenas que os seus empresários viessem a Lisboa assinar o contrato e ceder a parte que detêm do passe.

Porém, essa viagem ia sendo sucessivamente adiada. Agora sabe-se por que motivo: os agentes de Rodriguez estavam a negociar com outros clubes, incluindo o FCP. Ou seja, depois do jogador ter acordado um contrato com o Benfica, os empresários continuaram a negociar com terceiros.

Chegado a um acordo com os dragões, os empresários passaram a bola para Cristian. O uruguaio terá ligado a Rui Costa e pedido para o Benfica igualar os números. O nosso ’10’ não o fez. Cristian Rodriguez será jogador do FCP.

A meu ver, o Benfica fez bem.  Rodriguez é bom, mas não ao ponto de merecer uma locura financeira para o manter. Mais, se o jogador falou com o FCP, é porque não estava completamente dedicado ao projecto Benfica. É um profissional, e tomou uma escolha profissional. Não tem é palavra.

Pode dizer-se que o Benfica teve uma época inteira para fechar este negócio e que o deixou fugir. É verdade. Segurar Rodriguez antes do final da época teria sido mais fácil e, talvez, barato. Porém, as indefinições em torno do futuro da administração do futebol não deram grande espaço de manobra ao Benfica.

Situação capitalizada pelo FCP. Sendo óbvio que esta contratação não se encontra alheada da polémica jurídica em torno da presença na Champions, o namoro de Pinto da Costa com os empresários de Rodriguez deverá ter começado há muito tempo. E, no momento certo, os campeões nacionais finalizaram toda a situação.

Para não dizer que contratar um jogador ao Maior clube do Mundo cai sempre bem, principalmente quando uma das referências do clube já abandonou o Dragão – Paulo Assunção – e as outras suplicam pelo bilhete de partida do Porto – Lucho e Quaresma, principalmente.

Agora, resta-me desejar ao Rodriguez a mesma sorte que tiveram Panduru, Kenedy, Pedro Henriques, Hugo Leal e Sokota na cidade do Porto.

Esta entrada foi publicada em Desporto. ligação permanente.

3 respostas a Já não há palavra

  1. anti-lampião diz:

    “Rodriguez nao tem palavra”, mas ao mesmo tempo, “pode dizer-se que o Benfica teve uma época inteira … e que o deixou fugir”. Tou confuso: Cebola fugiu à palavra ou o “Maior Clube do Mundo” (em palermas) deixou-o fugir? Em k ficamos?

    “Segurar Rodriguez antes do final da época teria sido mais fácil”… mas “as indefinições em torno do futuro da administração do futebol não deram grande espaço de manobra”.

    Como lampião assumido k pareces ser, não sabes nem o k se passa dentro de casa. Há qt tempo se sabia k Rui Costa ia mandar no futebol? Tás às escuras é?

    “Agora, resta-me desejar ao Rodriguez a mesma sorte…” A inveja é muito feia. O que tu querias era um presidente como o PCosta. E não um banana como o LFV. muda de clube. ou kompensan e isso passa. Pk o cebola já é jogador do banco do FCP. Sim pk ter sido dos melhores do slb na epoca passada não é grande currículo…

  2. caro anti-lampião,

    Antes de mais, quero agradecer o seu comentário. Já fazia muito tempo que não lia algo tão mal escrito e com tanta aversão à verdade. Na verdade, provavelmente, desde os tempos de comentador do Pôncio Monteiro que não ouvia tanta asneira junta.

    Por pontos, então.

    1- “Tou confuso: Cebola fugiu à palavra ou o “Maior Clube do Mundo” (em palermas) deixou-o fugir? Em k ficamos?”

    Como está implícito no texto, creio que o Benfica teve mais do que tempo para segurar o jogador. Não obstante, a verdade é que, tarde ou cedo, Rodríguez comprometeu-se com o Benfica. Deu a sua palavra ao clube. E, a meu ver, a palavra vale mais do que dinheiro. Creio que para os lados do dragão, isso vale pouco. Veja-se o Paulo Assunção que ‘fugiu’ depois de garantir que renovava. Adiante, portanto.

    2 – “Como lampião assumido k pareces ser, não sabes nem o k se passa dentro de casa. Há qt tempo se sabia k Rui Costa ia mandar no futebol? Tás às escuras é?”

    Devo confessar que o amigo parece saber mais o que se passa no Benfica do que eu. Não trabalho no clube, não sei. Aquilo que eu sei é que o Rui Costa foi, durante toda a época, jogador de futebol. Mais, apenas se começou a meter na gestão do clube em Maio. Fechou com o Léo, fechou com o treinador e começou a tratar dos outros dossiers. Como deve compreender, de nada valia investir uma fortuna no Rodríguez, se ele não servia para o treinador. Portanto, creio que assim se explica por que motivo demorou tanto tempo a decidir. É que entre saber-se uma coisa e ela acontecer vai uma enorme distância. Por exemplo, todos sabemos que o Quaresma quer-se pirar o quanto antes. Mas ainda não sabemos para onde nem quando. Apenas sabemos que vai acontecer.

    3 – “O que tu querias era um presidente como o PCosta. E não um banana como o LFV. muda de clube. ou kompensan e isso passa. Pk o cebola já é jogador do banco do FCP. Sim pk ter sido dos melhores do slb na epoca passada não é grande currículo…”

    Não se trata nem de inveja nem de ciúmes pela presidência do clube. A partir do momento em que deixa de jogar no Benfica, deixo de querer saber muito dos atletas. Muito menos quando se despedem para ir jogar num rival. O jogador apenas jogou um ano no Benfica. Acredite que não vai deixar muitas saudades.

    Sobre a presidência, prefiro um ‘banana’correcto do que um ‘banana’ corrupto. Não ponho as mãos no fogo por ninguém, nem sou grande defensor do LFV – se fosse um visitante mais regular deste espaço, até poderia já saber isso. Porém, reconheço o trabalho estrutural da sua equipa e que a sua grande falha tem sido ao nível da gestão do futebol. Aliás, a sua grande falha tem sido intrometer-se no futebol, algo que espero não venha a acontecer agora.

    Acredite, não tenho desejos nenhuns de ver um velho caquético e flatulento na presidência do meu clube, pior ainda quando é corrupto.

    As melhoras.

  3. Os Coxos diz:

    «Acredite, não tenho desejos nenhuns de ver um velho caquético e flatulento na presidência do meu clube, pior ainda quando é corrupto.»

    LOL Excelente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s