Mais valia ter ido eu falar com a Judite

Depois de ver a entrevista de Dias Loureiro à RTP, fiquei com a impressão de que eu sabia tanto o que se passava dentro da SLN – e, por arrasto, no BPN – como o antigo administrador da sociedade. E, acho que isso não será muito positivo para o senhor Conselheiro de Estado.

“Dias Loureiro afirma que não participou nem teve conhecimento de irregularidades no Banco Português de Negócios (BPN), confiando sempre nas boas intenções e na boa gestão de José Oliveira e Costa. O ex-administrador de empresas do grupo BPN afirma mesmo: “não acredito que ele tenha feito isso para benefício pessoal”. “Isso” são as irregularidades e os crimes de que Oliveira e Costa, ex-presidente do BPN, está indiciado e que ontem lhe valeram a prisão preventiva depois de ser ouvido pelo juiz.

Em entrevista à RTP, hoje à noite, o ex-ministro da Administração Interna e actual conselheiro de Estado nomeado por Cavaco Silva defendeu que acreditava nos mecanismos de controlo do grupo para confiar na forma como eram geridas as sociedades. “Havia auditorias, havia a supervisão do Banco de Portugal, havia pessoas em quem confiava”. Ainda assim, diz ter questionado directamente Oliveira e Costa quando, em 2001, a revista Exame publicou um trabalho onde levantava algumas suspeitas sobre a forma como o grupo BPN era gerido.

O presidente terá respondido que eram notícias infundadas, originadas por invejas. No ano seguinte, em Abril, manteve uma reunião com António Marta, então vice-presidente do Banco de Portugal com o pelouro da supervisão bancária, onde alertou para a necessidade de ter especial atenção para com o BPN. “Disse-lhe o seguinte: não tenho conhecimento de nada nem qualquer desconfiança em relação à Sociedade Lusa de Negócios (SLN) mas a SLN tem um banco, tem accionistas e estou preocupado com isso. O que lhe queria pedir era que tivesse uma atenção especial ao BPN”, afirmou. “Não tinha nenhum facto concreto, apenas o que se ouvia cá de fora”, continuou, esclarecendo que não tinha qualquer controlo sobre a gestão do BPN.”

Esta entrada foi publicada em Eclipses, Política, Sociedade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s