Pedir desculpa, depois de atirado o sapato

O nome de Muntadhar al-Zeidi provavelmente não diz nada a ninguém. Mas, se disser que se trata do jornalista iraquiano que atirou os sapatos a George W. Bush, já se começa a ter uma ideia sobre quem é este senhor.

Bem, o facto é que depois de ter oferecido os sapatos a Bush, o jornalista iraquiano sentiu-se arrependido e, em carta dirigida ao primeiro-ministro al-Maliki, confessa-se arrependido pelo “acto feio” que protagonizou.

“É demasiado tarde para agora pedir desculpa pela acto feio que tive”, diz al-Zeidi na mesma missiva dirigida ao líder do governo iraquiano.

Na mesma carta, o atirador de sapatos relembra al-Maliki de uma entrevista conduzida em casa deste, em que o actual primeiro-ministro lhe terá dito para se “sentir como se estivesse em sua casa”.

Apenas al-Maliki pode convencer o Presidente do Iraque, Jalal Talabani, a perdoar alguém e al-Zeidi terá tentado persuadir o primeiro-ministro para fazer isso mesmo, mostrando-se arrependido e envergonhado pelo seu comportamento.

Resta ver se o perdão presidencial vai bater à porta da cela de al-Zeidi.

Mais aqui.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Diversos, Eclipses, Política, Sociedade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s