“A fé, se não é pensada, é nada”

A frase que serve de título a este post é do Arcebispo Gianfranco Ravasi e serve de mote ao encontro realizado no Vaticano entre teólogos, cientistas e filósosfos a propósito de Darwin e da sua “Origem das Espécies”, que comemora 150 anos.

Não sendo previsível que a Igreja aceite que Deus não teve qualquer papel na evolução das espécies, nem que os cientistas admitam que tudo o que aconteceu teve o carimbo de Deus, o encontro tem como maior atractivo o facto de juntar homens da Igreja e homens da ciência em torno de um debate que tem sofrido com posições extremadas de ambos os lados.

Será interessante acompanhar os desenvolvimentos deste encontro, principalmente ao nível das intervenções dos membros da Igreja e dos cientistas, procurando perceber qual a posição oficial do Vaticano nesta matéria e qual o grau de tolerância dos cientistas para com os argumentos “divinos” dos arcebispos e cardeais presentes no certame.

Enquanto cristão já o defendi algumas vezes: acredito na teoria de Darwin; não tenho problemas em admitir que descendemos dos macacos e que antes de nós a Terra foi habitada por outras espécies, algumas já desaparecidas. Agora, acredito é que tudo isso faz parte de um plano de Deus e que as espécies assumem as tendências evolucionistas que assumem porque assim foram programadas por Ele.

Por outras palavras, acredito na verdade científica. Mas, também acredito em Deus e no seu papel na origem e evolução das espécies.

Esta entrada foi publicada em Eclipses, Sociedade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s